top of page

Gargalos de produção. Como identificar.

Um processo produtivo tem em seu fluxo etapas diversas, que podem passar desde a aquisição da matéria-prima, a manufatura, controles de qualidade até a venda. Em todos os tipos de processos invariavelmente, uma das fases terá seu tempo de execução mais elevado que as demais, a essa etapa, chamamos de gargalo.

O gargalo é um ponto limitante no processo que reduz a capacidade produtiva. É a máquina, equipamento, posto de trabalho ou etapa com maior tempo dentro do fluxograma de produção. Com isso, a capacidade de fabricação de um determinado produto, é limitada a capacidade ou velocidade do gargalo. Portanto, quem limita os ganhos de uma empresa, são seus gargalos.


Como identificar os gargalos na fábrica?


Para identificar os gargalos dentro do processo produtivo, primeiramente necessitamos realizar um apurado mapeamento dos processos de produção, contemplando todas as etapas e analisando cada uma de forma individual, pois somente assim, poderemos identificar as fragilidades e visualizar as restrições do fluxo.


Principais motivos que geram gargalos:

Alguns dos princípais motivos que geram restrições nos fluxos de processos e levam as fases, equipamentos, máquinas ou postos de trabalho a tornare-se gargalos:

  • Operacionais: Aqueles relacionados com a manufatura dos produtos. Aqui impacta muito a ociosidade dos equipamentos, geralmente gerados por máquinas paradas por qualquer finalidade, desde manutenção até falha na programação do PCP, tempos de setups, ajustes, etc.

  • Humanos: Aqueles relacionados a mão de obra. Pode ser a própria falta de mão-de-obra especializada, equipe desmotivada, falta de treinamento, etc.

  • Externos: Problemas que não estão fora da alçada da empresa, um pouco mais difíceis de tratar. Cadeia de fornecedores, regulamentações do governo, cenário regional e mundial ( ex: pandemía de covid).

  • Fábrica: Problemas relacionados ao chão de fábrica, pode ser relacionado ao layout de máquinas e equipamentos, dificultando ou atrasando o fluxo de produção, e também a falta de padronização nos processos.

  • Processo: Processo desatualizado, onde máquinas e equipamentos operam com desempenhos abaixo da média do setor.

  • Qualidade: Processos com alto indice de não conformidades, gerando muitas horas de retrabalho nos equipamentos e por conseguinte atrasando a produção dos itens subsequentes.


Reduzindo o impacto do gargalo

Para maximizar a capacidade produtiva da máquina gargalo, separamos algumas dicas de como proceder:

  • Monitorar a produção em tempo real: para reduzir os tempos maiores do gargalo, é impreensindivel que seja feito um monitoramento on time do equipamento ou posto de trabalho. Monitorando em tempo real e gerenciando a disponibilidade, podemos atacar, principalmente, os problemas de ordem operacional, como por exemplo, a ociosidade dos equipamentos, possibilitando assim, avaliar o desempenho e identificar as perdas no momento em que acontecem, corrigindo o curso da execução com mais rapidez e assertividade.

  • Engajar a equipe: Para reduzir os impactos dos problemas humanos, podemos trabalhar para o engajamento da equipe, mostrando a importância de todos no processos e os impactos das perdas do gargalo para a empresa. Premiações por assiduidade e desempenho são muito bem vindos, porém deve-se tomar um cero cuidado em suas implementações.

  • Definir Processos: Realizar planos e instruções de trabalho detalhadas, com a finalidade de padronizar os processos produtivos. Está dica aplica-se tanto aos problemas relacionados aos processos, quanto aos externos, relacionados a cadeia de fornecedores. Aqui também entra um planejamento no lay out da fábrica, pensando em otimizar o fluxo da produção.

  • Metas: Implementar metas de produtividade e qualidade. Através de metas claras e tangíveis, podemos sanar a maioria dos problemas de processos desatualizados e qualidade dos itens produzidos.

  • Indicadores: Implantar indicadores, gráficos e BIs informativos, que demonstrem os avanços da equipe.

  • Software de Gerenciamento: Implementar um software de gerenciamento de produção, que lhe entregue dados detalhados de toda a produção, não só do gargalo, é de suma importância para garantir a melhoria continua do processo.

Técnicas:

Podemos destacar algumas técnicas que podem ser utilizadas para identificar os gargalos de produção, como a análise de fluxo de valor, que permite visualizar todas as etapas do processo produtivo e identificar onde ocorrem atrasos e desperdícios. Outra técnica é a simulação de processos, que permite avaliar diferentes cenários e identificar o impacto de mudanças no processo produtivo.

Também é importante mencionar que o gargalo pode variar ao longo do tempo, especialmente em processos que envolvem a sazonalidade ou a introdução de novos produtos. Por isso, é fundamental monitorar constantemente o processo produtivo e identificar possíveis gargalos que possam surgir.

Além disso, é interessante citar exemplos de empresas que conseguiram identificar e superar gargalos de produção, como a Toyota, que desenvolveu o sistema just-in-time, que permite uma produção mais enxuta e eficiente, reduzindo os estoques e eliminando desperdícios.

Por fim, é importante ressaltar a importância de investir em tecnologias e sistemas de gerenciamento de produção para monitorar o processo produtivo e identificar possíveis gargalos. A automação de processos pode ser uma excelente solução para otimizar a produção e aumentar a eficiência.


Em conclusão, a Veros e o Connect oferecem soluções completas e integradas para a Indústria 4.0. Com a combinação de tecnologias inovadoras, expertise em processos produtivos e análises de dados em tempo real, é possível maximizar a eficiência e a produtividade das operações industriais. As soluções da Veros e do Connect permitem uma visão ampla e integrada de toda a cadeia produtiva, desde o chão de fábrica até os processos de gestão e tomada de decisão. Além disso, nossa plataforma oferece escalabilidade e flexibilidade, podendo ser adaptada a diferentes necessidades e demandas específicas de cada cliente. Com a Veros e o Connect, sua empresa pode estar pronta para enfrentar os desafios da Indústria 4.0 e alcançar a excelência operacional em todos os aspectos.



16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page